História

Colégio Paulo Freire – 20 anos Educando e Transformando

Nasceu do sonho de seus sócios, em 1997, que queriam em São José a escola que almejavam para seus filhos, um estabelecimento de Educação Infantil e séries iniciais do Ensino Fundamental, em que as crianças pudessem se identificar, sendo respeitadas em seu mundo, suas necessidades e sua individualidade, favorecendo a formação enquanto cidadãs ativas, críticas, conscientes de seus direitos e deveres e de valores fundamentais para a relação consigo, com o outro e com o meio ambiente.

Em 20 de outubro de 1997, inaugurou-se a Secretaria do Colégio Alpha Objetivo Júnior.
O primeiro dia de aula aconteceu em 8 de fevereiro de 1998. Com estrutura diferenciada, conseguiu-se fazer uma escola com a “cara” das crianças.

Desde o início, foram estabelecidas metas constantes: educação com respeito e afeto ao educando e busca da parceria família-escola; construção de conceitos, reflexões e prática de valores, como: respeito, solidariedade, paz, cuidados com a saúde, preservação ecológica, cooperação e ética.

Desde então, trabalhamos intensamente com compromisso e responsabilidade de uma educação eficaz, e bastante fizemos e muito temos para nos orgulhar.

Em 2001, na Festa da Família, promovemos reflexão do tema “Ano Internacional da Consciência Contra a Discriminação Racial”, culminando na elaboração do “Termo de Compromisso com o Respeito às Diferenças”, que, na ocasião, foi firmado pelas crianças, familiares e educadores.

Esta iniciativa obteve honroso reconhecimento formal por parte da ONU – Organização das Nações Unidas.

Em 20 de outubro de 2007, completou dez anos de trabalho com a educação, mediação na aprendizagem e desenvolvimento do que é mais precioso: as crianças. Comemorou realizando a 8ª FAC – Feira de Arte e Conhecimento, cujo tema foi “AJ: dez anos construindo conhecimento”, possibilitando assim resgate histórico da Instituição. Com o mesmo objetivo, lançou revista comemorativa, mostrando o cotidiano escolar, a trajetória percorrida e artigos nos quais os(as) educadores(as) discorreram sobre a fundamentação pedagógica, as pesquisas e as teorias que sustentam as ações educativas do Colégio.

Em 2010, nossa opção por uma perspectiva de educação democrática, humanizada e sócio-interacionista nos credenciou para novo crescimento.

Atendendo solicitação de pais e educandos, implantamos gradativamente, os cursos de Anos Finais do Ensino Fundamental – 6º ao 9º Ano – e Ensino Médio. Para tanto, nossa estrutura física foi ampliada, novos profissionais foram contratados e o nome da nossa Instituição passou a se chamar Colégio Paulo Freire.

Em 2011, recebemos o Selo Escola Solidária, do Instituto FAÇA PARTE, em parceria com o Ministério da Educação, Conselho Nacional dos Secretários de Educação, Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura e com a Unicef.

 Em 2012, com muito orgulho, formamos a nossa primeira turma do Ensino Médio, que fez bonito, alcançando 75% de aprovação nos vestibulares, sendo 60% em Universidades Públicas.

Em 2013, a UNESCO – Organização das Nações Unidas para a educação, a ciência e a cultura parabenizou formalmente nosso Projeto Água – Brasil das Águas, que teve culminância e seu produto final apresentado na XIII FAC – Feira de Arte e Conhecimento.

Em 2015, o Projeto “Guerra e Literatura: o humano em meio ao caos”, da educadora Camila Brambilla, juntamente às nossas turmas dos 8ºs e 9ºs Anos, conquistou o 1º lugar, no Júri Técnico, no 3º Prêmio RBS de Educação, dentre os 962 relatos de práticas de incentivo à leitura.

Em 2017, em sua 17ª FAC – Feira de Arte e Conhecimento, homenageou Gabriel Constantino, da 2ª Série do Ensino Médio, que está no Colégio Paulo Freire desde o Infantil 1, há 14 anos e Bruna P. Santiago, da 1ª Série do Ensino Médio, educanda desde o Infantil 1, há 13 anos.

Gabriel, foi convidado a entregar uma lembrança àquela que foi sua coordenadora pedagógica na Educação Infantil e que está na Instituição há 18 anos, Sra. Evelise V. M. Rodrigues.

Bruna homenageou a Sra. Lídia Mª F. Martins, administradora, que há 19 anos, presta serviços à Bruna, à sua família e demais da nossa comunidade escolar.

O ex-educando e atual diretor administrativo-financeiro do Colégio, Pedro Paulo da Silva Neto, entregou uma lembrança àquela que foi sua educadora regente, em 1998, no 2º Ano do Ensino Fundamental, atual coordenadora pedagógica do 2º ao 5º Ano, e que está na Instituição há 20 anos,  Sra Ana Gissele F. Bleyer.

Marcando os caminhos da história, o Colégio registra seu passado, reflete o presente e projeta o futuro, contando com profissionais qualificados e comprometidos e o compromisso com uma educação que contribua para um mundo melhor.

Tudo isso fez e faz do Colégio Paulo Freire a referência em ensino da Educação Infantil ao Ensino Médio.

Muito obrigado por fazer parte da história do Colégio Paulo Freire!